Guia de produtos que vão ajudá-lo no ganho de massa muscular

12 minutos para ler

Sharing is caring!

Powered by Rock Convert

Muita gente pensa que ganhar massa muscular é só para “ficar fortão” e com tudo no lugar, mas não é bem por aí. Ela é importante para o equilíbrio do corpo, para o metabolismo, para o condicionamento físico e para outras questões de saúde. Pensando nisso, você sabe quais são os produtos para ganho de massa?

Taí algo que pode ser um grande desafio para a maioria das pessoas: aumentar a massa muscular. A verdade é que esse feito depende de alguns processos e de algumas substâncias no organismo que o favorecem ou não. Para ajudar nessa missão, existem alguns suplementos no mercado e que não só podem, mas devem ser usados como aliados.

Ganho de massa: como vencer os desafios?

Ganhar massa muscular é, sim, uma tarefa tão difícil quanto parece, mas não é impossível. Ela depende de uma série de fatores que incluem a genética, o saldo energético, o aporte de nutrientes, a eficiência do treino e o descanso adequado.

Quando tudo isso se encaixa, dá para aumentar a quantidade de massa muscular e ter um corpo em forma e funcional. Pensou que a gente ia só falar, mas não daria uma ajudinha, né? Que isso! Não existe receita milagrosa, mas estamos aqui para ajudar. Então, se liga nas dicas que nós separamos:

  1. Seguir uma rotina de treinos;
  2. Manter uma alimentação equilibrada;
  3. Ter os devidos descansos;
  4. Apostar no uso dos suplementos alimentares.

Vamos ver o que cada um deles significa?

1. Seguir uma rotina de treinos

Pode parecer um tanto quanto redundante, mas a verdade é que realmente é necessário seguir uma rotina de treinos, não apenas se exercitar de qualquer forma. Diferentemente de outros objetivos, como no emagrecimento, em que os exercícios são voltados para queimar gordura, as atividades para o ganho de massa são focadas em levar o músculo à exaustão.

Isso faz com que haja microlesões nos músculos, que são reparadas pelo organismo por meio das proteínas. É como se essas proteínas fossem tijolinhos, que, para reforçarem o músculo, fazem uma camada a mais. Assim acontece a hipertrofia, ou o ganho de massa, como quiser.

Por isso, é extremamente importante que o treino siga um roteiro e que faça com que os músculos sejam forçados. Por isso, não deixe de seguir as séries propostas pelo seu professor de educação física. Esse profissional sabe quando e como deve fazer para que o seu corpo corresponda aos estímulos.

2. Manter uma alimentação equilibrada

A alimentação é um dos pilares para ter uma vida mais saudável. Ela também é fundamental na hora da hipertrofia. Já pensou em construir um muro sem a matéria-prima? Impossível! Assim acontece com os nossos músculos: eles precisam dos nutrientes para ter energia para os exercícios e para regenerar as fibras musculares, resultando, assim, no ganho de massa muscular.

É por esse motivo que a alimentação pré e pós-treino é tão importante. O saldo calórico é outro fator relevante. Para quem quer hipertrofiar, ele deve ser positivo. Ou seja, é necessário comer mais do que se gasta, pois, caso contrário, o corpo começa a queimar as reservas para ter energia e não consegue construir músculos.

Cá entre nós, não vamos nos aprofundar no assunto. É melhor deixar isso com o seu nutricionista. A mensagem é de que você precisa prestar atenção no seu cardápio e seguir uma alimentação que supra as suas necessidades nutricionais. Só treinar sem fazer dieta não vai dar o resultado que você espera, beleza?

3. Ter os devidos descansos

Muita gente não leva a sério, mas o descanso é algo primordial para ganhar massa muscular. Tanto que faz parte da “tríade da hipertrofia” (será que só de ler esse termo você já fica mais boladão? 🧐): exercícios, alimentação e repouso. Lembra que falamos sobre as microlesões e sobre como elas funcionam para aumentar a massa muscular? Então, o processo de regeneração das fibras musculares que resulta na hipertrofia é feito no repouso.

É enquanto dormimos que o corpo aproveita para recuperar os músculos e fazer com que a magia do ganho de massa aconteça. Sem o descanso adequado, todo o esforço de treinar certinho e de se alimentar adequadamente pode ir por água abaixo.

4. Apostar no uso dos suplementos alimentares

Os suplementos alimentares são produtos que contêm nutrientes de uma maneira fácil de consumir e de digestão e absorção facilitadas para o organismo. É comum as pessoas associarem esses produtos aos fortões da academia, mas não é bem assim. Sabe aqueles polivitamínicos? Então, eles também são considerados suplementos alimentares.

Eles são indicados para quem precisa complementar a alimentação, pois ajudam a suprir as carências de nutrientes no organismo. Muitas vezes, a correria do dia a dia não permite seguir uma dieta que inclua tudo o que o corpo precisa para funcionar bem. E é aí que os suplementos entram.

O que é mais fácil: cozinhar e comer um ovo no trabalho ou simplesmente misturar o whey em água e beber? O segundo, né? Por isso é que os suplementos não são produtos apenas para quem quer ganhar muitos músculos. Para aquelas pessoas que desejam aumentar a massa muscular, eles também são muito bem-vindos.

Como dissemos, é preciso ter uma quantidade suficiente de energia e de nutrientes para que o corpo consiga produzir massa muscular. Só com a alimentação, pode ser que a gente não alcance o valor necessário. Então, os suplementos entram para complementar – mas não é só isso. Por serem de fácil absorção, os nutrientes chegam aonde é preciso na hora certa em que o organismo mais necessita.

Quais suplementos ajudam no ganho de massa muscular?

Existem diversos suplementos para os mais variados objetivos: emagrecer, manter o peso, ter mais energia etc. Aqui, a gente vai focar nos produtos que ajudam no ganho de massa muscular. Entre os diversos que podemos encontrar no mercado, existem dois mais queridinhos do pessoal da hipertrofia:

  1. Whey Protein;
  2. Creatina.

Vamos falar um pouco mais sobre eles:

1. Whey Protein

O whey protein, ou apenas whey, para os íntimos, é um suplemento à base de proteína do soro de leite. Resumindo, ele é feito assim: pegam o soro, filtram para separar os sólidos e transformam isso em um pó bem gostoso para o preparo da bebida.

Dependendo do tipo de filtragem, dá para ter mais ou menos proteínas concentradas. É por isso que existem aqueles wheys diferentes (concentrado, isolado e hidrolisado). Pode ficar tranquilo que a gente vai explicar direitinho o que é cada um!

Powered by Rock Convert

Para que serve?

Podemos dizer que o whey é um dos suplementos mais conhecidos. Mesmo quem não está familiarizado com o assunto, provavelmente, já ouviu falar dele.

No começo, ele era bem usado por quem puxa ferro pesado na academia. No entanto, ele não serve só para isso e muita gente já descobriu que dá para usar o whey no dia a dia, mesmo sem treinar.

Ele é um suplemento de proteínas e, como todo mundo precisa de proteínas, o whey é para todos – desde crianças até idosos. Para quem quer hipertrofiar, ele é ótimo! Afinal, é a matéria-prima que o corpo precisa para aumentar a massa muscular. Ou seja, tomar whey dá aquela ajudinha na hora de botar os músculos para crescerem.

Quais são os tipos de whey?

Já reparou que existe mais de um tipo de whey? Como falamos, isso está ligado à filtragem desses produtos. De acordo com cada uma é que se faz essa classificação. Olha só:

  • Whey concentrado: ele contém cerca de 80% de proteínas, sendo o restante carboidratos do leite, como a lactose e, até mesmo, um pouco de gordura;
  • Whey isolado: ele passa por uma filtragem mais potente, que o deixa com 94% de proteínas. É legal para quem precisa de maior quantidade do nutriente em uma dose menor de produto;
  • Whey hidrolisado: além de ser isolado, como o anterior, ele tem suas proteínas parcialmente digeridas, quebradas. Isso facilita muito a absorção, pois o organismo não precisa esperar o tempo da digestão, sabe?

Cada tipo de whey tem uma indicação melhor de acordo com os objetivos. Podemos dizer que quanto maior a quantidade de proteínas e mais rápida a absorção do whey, melhor é para quem quer ganhar massa muscular.

Como tomar whey?

O whey é um suplemento muuuito gostoso! Você pode encontrá-lo em diversos sabores, sendo baunilha e chocolate os mais comuns. Existem várias maneiras de consumir o whey, cada uma mais delícia que a outra. Se a ideia é ter um lanchinho proteico, você pode misturá-lo ao leite e fazer aquele shake caprichado e nutritivo.

Se o lance é um pós-treino, em que o corpo precisa de proteínas bem rapidão, você pode misturar o whey com água. Assim, a digestão é facilitada e o organismo recebe a dose de proteínas que precisa em menor espaço de tempo.

Quer comer um docinho, mas não quer jogar a dieta para o alto? Então, aposte nas receitas fit feitas com whey protein. Como esse suplemento tem sabores incríveis, dá para fazer muita coisa boa, como brigadeiro, sorvete, cookies, mousses e muito mais! Além de matar a vontade de doce, ele torna o prato muito mais nutritivo e proteico.

Creatina

Já ouviu falar em creatina? Você pode até não saber, mas, no seu corpo, existe essa belezinha. Pois é isso mesmo! Ela é uma substância (um quase aminoácido) presente nas fibras musculares e no cérebro. Ela é produzida pelo fígado e pelo pâncreas e também adquirida por meio dos alimentos. Ovos, fígado bovino, frango, leite, peixes gordos e outras fontes de proteínas, por exemplo, contêm creatina.

“Espere aí! Se eu consumo todos esses alimentos e estou com a saúde em dia, por que devo ingerir o suplemento de creatina? Meu corpo não dá conta de conseguir as quantidades sozinho?”. A resposta é não! Bom, pelo menos não para quem quer hipertrofiar.

As doses conseguidas naturalmente ainda são baixas para o objetivo de ganhar massa muscular, sabe? Quem treina pesado precisa de maior quantidade de creatina e seria necessário comer muita carne para isso. Aí não dá, né?

Melhor mesmo é tomar o suplemento, que nada mais é que a creatina isolada, transformada em um pó para preparo de bebida, que é muito gostosinho, por sinal. Dessa maneira, fica bem mais fácil conseguir o valor ideal dessa substância.

Como funciona e para que serve a creatina?

Que a creatina pode ser suplementada você já sabe, mas por que você precisa disso? Bom, essa substância é fundamental para movimentos de arranque, aqueles que precisam de uma explosão rápida, sabe? Tipo quando a professora pede para levantar no spinning. Ela também é necessária para conseguir energia para os músculos naquele start da atividade.

A quantidade de creatina que a gente consegue naturalmente é suficiente só para as atividades mais básicas, como levantar e andar, mas, para quem treina para ganhar massa muscular, não dá. É por isso que a gente precisa repor essa substância — para ter mais energia para encarar o treino com muito mais eficiência.

Lembre-se de que, para hipertrofiar, é necessário levar o músculo à falha. Para isso, é preciso também ter energia, né? Então, a creatina serve nesse caso.

Como tomar a creatina?

A gente indica tomar a creatina logo de manhã. Assim, fica mais fácil se lembrar de consumi-la. Peque por capricho e tome a sua dose todos os dias, até mesmo naqueles em que você não vai treinar. Isso porque a nossa reserva de creatina acaba bem rápido, mas demora um pouquinho para ser reposta.

Então, para manter esse tanque de creatina cheio e ter as quantidades necessárias para treinar com eficiência, é preciso tomar o suplemento diariamente, beleza?

Por fim, a gente vai dar uma dica de mestre, aquela que só damos para os melhores amigos, tá ligado? De nada vai adiantar fazer tudo o que é necessário para ganhar massa muscular tomando um suplemento de baixa qualidade. Aí não dá, hein?

Ganho de massa muscular: como a Mais Mu pode te ajudar?

A procedência do suplemento é algo, assim, primordial, fundamental, imprescindível! Hoje em dia, a gente encontra “trocentas” marcas de produtos, mas as que se preocupam mesmo em entregar um item de qualidade e que vai dar resultado são poucas. Fique tranquilo que, aqui, a gente conta o milagre e o santo: tanto o whey quanto a creatina da Mais Mu são incríveis! Você pode confiar!

Os produtos para ganho de massa muscular são grandes aliados nessa missão, que pode ser um tanto quanto demorada. Com o treino correto, a alimentação balanceada e o descanso adequado, os suplementos alimentares entram como aquela forcinha extra para potencializar os efeitos desses hábitos saudáveis e melhorar a composição corporal.

E aí, já sabe onde encontrar seus produtos para ganho de massa muscular? Entre na nossa loja online agora mesmo e faça o seu pedido!

Posts relacionados

Deixe um comentário