Como evitar o consumo de processados e mudar os hábitos?

4 minutos para ler

Sharing is caring!

A gente sabe que o exagero no consumo de processados não faz bem à saúde. Mas, como sempre falamos aqui, o problema está sempre no exagero, né? Afinal, não existe alimento ruim, e sim alimentação ruim.

Isso porque existem produtos que, mesmo sendo industrializados, não são necessariamente os maiores vilões a serem enfrentados. Mas alguns podem ser evitados pra que você mantenha (ou construa) um hábito de vida saudável. Mas e então, como saber o que pode ou não pode comer?

Não é porque você comeu um pacote de salgadinho que seus dias de vida estarão contados. Tudo faz parte da constância e da moderação. Se a sua alimentação é bem saudável no dia a dia, não há razão para se martirizar só porque tomou um copinho de refri no almoço de domingo da sua avó. Equilíbrio é tudo na vida. Então, bora saber como evitar o consumo de processados?

Leia os rótulos

O costume de ler e entender os rótulos pode salvar a sua alimentação. Nas embalagens, você encontra todas as informações de que precisa sobre aquele alimento. Graças à tecnologia na Engenharia de Alimentos, é possível sim encontrar comida processada e saudável!

Antes de comprar qualquer produto, leia a lista de ingredientes. Quanto maior o número de itens que você reconhece como saudável, melhor é. Agora, se tiver um tanto de conservante, estabilizante, corante e vários outros nomes e números que você não tem ideia do que se trata, é bom dar uma checadinha com seu nutri, que tal?

(nada de pesquisar no google e acreditar no primeiro link que você encontrar antes de perguntar a um profissional da saúde, hein?)

Ah! Não custa dar uma olhada também na quantidade de sódio, de açúcares e de gorduras trans. Quanto menor a quantia dessas substâncias, melhor é pra você =)

Faça substituições inteligentes

Muitas vezes, a gente consome determinados produtos industrializados por puro comodismo. O pacotinho está lá dando bobeira na despensa, a gente está sem fazer nada e logo está devorando o conteúdo. Que tal substituir o salgadinho por um snack de grão-de-bico, por exemplo?

Tem certeza de que quer comer aquele pacote de bolacha recheada em vez de uma saladinha de frutas esperta e vitaminada? É esse tipo de questionamento que você deve ter antes de se render aos processados. Se a resposta for sim e você achar que o “crime” compensa, coma sem peso na consciência e logo volte para a alimentação saudável. Entretanto, se você sabe que não é uma necessidade logística (kkk), larga mão da preguiça e bora substituir o produto por algo naturalmente gostoso e saudável.

Vá mais à feira

A gente tem tanto hábito de ir nos supermercados que esquece que é nas feiras que se encontra a maior diversidade de vegetais fresquinhos e saborosos. Essa mania de comer tudo de pacotinho pode custar a saúde. Por isso, tire um tempinho para visitar as quitandas e feiras e descobrir variedades de frutas, verduras e legumes que são nutritivos e uma delícia. A dica aqui é descascar mais e desembalar menos <3

É preciso se conscientizar cada vez mais dos benefícios de diminuir o consumo de processados. Quanto mais natural for a alimentação, menos substâncias prejudiciais o nosso corpo recebe. O reflexo disso é a redução na retenção de líquidos e a maior disposição. É claro que ninguém vai morrer por comer um industrializado aqui e outro ali, se a alimentação for saudável na maior parte do tempo. Mas enquanto puder evitar, melhor.

Os carboidratos estão passando por uma difícil fase em que são acusados de males terríveis contra a saúde. Será que eles engordam mesmo? Aproveite que está por aqui e descubra!

Posts relacionados

Deixe um comentário